segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Bolachas de canela

Um cheirinho a Natal...


O tempo frio e com chuva começa a fazer lembrar o Natal. A T. que, por ela, vivia sempre em festa é a mais entusiasta. Quiz fazer bolachas com motivos natalicios. Até para experimentar como funciona a pintura das mesmas. Então mãos à obra! Lá vamos nós para a cozinha

Bolachas de canela
100g de manteiga
100g de açúcar
225g de farinha
1 colher de chá de canela
1 gema
10ml de água

Glacé
1 clara
5 gotas de limão
150g de açúcar em pó

Pré aquecer o forno a 180º
Bater a manteiga com o açúcar. Mistura a farinha com a canela e juntar a gema e a água.
Amassar. Formar uma bola e envolver em pelicula aderente para levar ao frigorifico durante 30 minutos
Retirar do frigorífico, estender a massa e, com formas de metal, recortar as bolachas.
Forar um tabuleiro com papel vegetal no qual se vão colocando as bolachas
Levar ao forno por cerca de 10 minutos.
Retirar do forno e deixar arrefecer sobre uma grelha
Entretanto fazer o glacé: Bater a clara ligeiramente e juntar-lhe o açúcar
e as gotas de limão
Quando as bolachas estiverem frias, mergulham-se no glacé e deixam-se secar ao ar.

Ficam mais apelativas se forem coloridas ou com desenhos. Para isso basta juntar corante alimentar ao glacé. Divirtam-se a experimentar...
 
 
Fica um cheirinho divinal a canela pela casa. F. assim que entrou em casa disse: Cheira bem, também quero! Mas porque F. aprecia as coisas simples da vida, diz que prefere sem cobertura...

L. e C. penso que as m&m e a J iam adorar a experiencia!
J. o S. iria adorar... a avaliar pela experiencia da pizza...





terça-feira, 20 de novembro de 2012

Aniversário parte III

Ainda o aniversário da princesa... Isto é que foi festa! A dieta é que foi à vida, mas foi por um bom motivo!

Das sobremesas que foram feitas já quase todas foram aqui publicadas. Exceção do Cericaia que não fui eu que fiz. Nem sei fazer!!! e do arroz doce que também não é de minha autoria.
Mas não posso deixar de publicar a Mousse de after-eight, que estava uma delícia e fez sucesso entre miúdos e graúdos (até comigo que não sou fã de chocolate)

Mousse de after-eight


150g de chocolate em barra

50g de manteiga
200g de chocolate after eight
2 colheres de açúcar (não adicionei)
5 ovos

Derreter o chocolate com a manteiga em banho maria mexendo muito bem
Dissolver os after eight no chocolate e juntar as duas colheres de açúcar (não juntei)
Depois da mistura dos chocolates ter arrefecido um pouco, juntam-se, uma a uma, as gemas envolvendo bem
Envolver as claras batidas em castelo sem bater
Colocar no frigorifico até servir.



Aniversário princesa parte II


Um dia de descanso e mais uma festa. Haja festas em tempo de tanto desanimo para alegrar um pouco as nossas vidas... Convidados eram 40.
Foi um jantar volante. Nem poderia ser de outra forma! apesar das dimensões bastante razoáveis da sala não chega a ser um restaurante... lol.




Na parte da decoração contei com uma ajuda preciosa: Joaninha voa voa...
Obrigada pelo convite, pelas bandeirolas, pela partilha de ideia, pelas sugestões...
Um dia destes, quando a crise passar..... lol.... montamos uma empresa de organização de festas!


Para iniciar e abrir o apetite

Pates
Queijos
Paio
Quiches
Pimentos
Pãozinho alentejano, daquele a sério!
(...)

Para comer a sério...

Arroz de pato
Bacalhau verde
Chilli + arroz branco + tartitas (que desapareceu num ápice) Da próxima vez faço dose dupla
Saladas


Para a gulodice...

Gelado com chocolate quente
Semi frio de coco e manga
Cericaia (da avó Maria)
Panacotta com molho de frutos silvestres
Arroz doce (da avó R.)
Mousse de after - eight
Para assinalar o acontecimento em si ... mais um bolo de aniversário

Aqui ficam mais duas receitas, desta vez sem foto, porque a agitação do momento não permitiu. 


Arroz de pato

1 pato
1 chouriço
1 fatia grossa de bacon
2 cebolas
4 dentes de alho
1 ramo de salsa
1 ramo de hortelã
1/2 lombardo
1 cenoura grande
arroz
sal

Cozer o pato com o chouriço, o bacon, a cebola a salsa e temperar com sal
Depois de cozido coar o caldo e reservar no frigorifico até ao dia seguinte
Quando o pato tiver arrefecido um pouco, desfia-se e limpa-se de todas as gorduras e ossos e reserva-se assim como o chouriço e o bacon
No dia seguinte, com um acolher retira-se a gordura do caldo de cozer o pato que ficou acumulada no cimo do recipiente em que foi guardado e coloca-se num tacho juntamente com uma cebola e os dentes de alho picados deixando refogar um pouco.
Depois de refogado juntar um pouco do caldo e triturar tudo com a varinha mágica.
Corta-se o lombardo em Juliana, rala-se a cenoura e junta-se ao preparado.
Mede-se a água que se pretende utilizar (coloquei 4 chávenas de caldo mais duas de água) e deixa-se ferver
Adiciona-se o arroz (juntei 2 chávenas e meia) e deixa-se cozer
Quando o arroz estiver cozido retira-se e mistura-se com o ramo de hortelã (só para dar sabor e depois retira-se)
Espalha-se uma camada de arroz no fundo de um pirex, de seguida acrescenta-se a carne do pato, o bacon cortado em pedaços pequenos e parte do chouriço, volta a colocar-se nova camada de arroz
Cobre-se com rodelas de chouriço e vai ao forno até tostar


Bacalhau verde

2 embalagens de bacalhau desfiado
5 a 6 batatas médias
1 cebola
3 dentes de alho
2 pacotes de natas
Azeite
1 folha de louro
Pimenta
Leite
Broa de milho
Amêndoas laminadas
1 embalagem de espinafres

Descongelar o bacalhau num pouco de leite morno
Fritar (pouco) as batatas, escorrer o excesso de gordura e reservar
Cozinhar ligeiramente os espinafres com um pouco de sal e pimenta
Refogar a cebola, os alhos e a folha de louro em azeite
Juntar ao refogado o bacalhau descongelado e bem escorrido (se começar a ficar muito seco juntar uma ou duas colheres do leite onde descongelou)
Juntar as batatas fritas e misturar
Juntar os dois pacotes de natas e envolver tudo muito bem
Colocar todo o preparado num pirex
Picar a broa de milho no 1,2,3 e cobrir com ela todo o bacalhau
Por cima colocar amêndoas laminadas
Levar ao forno até as amêndoas estarem tostadas

Sugestão: Substituir os espinafres por brócolos é igualmente um opção muito boa.



Novembro: Mês da princesa




Haverá melhor forma do que iniciar o dia de aniversário com muito mimo e alguns presentes???
 Novembro é o mês da princesa! Nem ela permite que seja de outra forma. Penso que começa loga em outubro a falar do seu aniversário... Onde vai ser, quem vai convidar, qual o presente, Que bolo fazemos este ano, blá blá blá... De quando em vez dou por mim a dizer que sim a todas as sugestões, por já estar "saturada" do tema!!! Este ano não foi exceção.
Começou por ser apenas um almoço para os amigos, no próprio dia do aniversário - 15 de novembro. Depois teria que haver jantar com ementa escolhida por si e mais um bolo para apagar as velas com os pais, o irmão a I. o G. e a A. que não poderam estar presentes no almoço!
Como era quinta feira e a princesa insistia que queria uma festa em casa com as pessoas que lhes estão mais próximas e têm no seu coração um lugar especial, Vamos fazer mais uma festa, desta vez no sábado com 40 convidados entre crianças e adultos!!!
Foi uma semana de loucos! Mas ela estava tão feliz, que qualquer cansaço que pudesse sentir deixou de fazer sentido!
Obrigada aos familiares e amigos que estão sempre presentes e que têm por ela um carinho muito grande! Para o ano há mais...
Para o almoço com os amigos escolheu o bolo de chocolate revestido por Kit Kat e smarties... e não é que ficou linnnnnnnnndo.


Bolo de chocolate
6 ovos
300ml de leitelho
280g de açúcar
280g de farinha
80g de cacau
1 colher de sopa de fermento
Embalagens de Kit Kat
Embalagens de Smarties

Pré aquecer o forno a 180º
Barrar uma forma com manteiga e polvilhá-la com cacau
juntar a farinha com o fermento, o cacau em pó e os ovos e envolver muito bem.
Juntar o leitelho e envolver bem até ter uma massa homogénea.
Levar ao forno quente por cerca de 45 minutos.

Leitelho
Misturar 300ml de leite com 1 colher (sopa) e meia de sumo de limão e esperar 5 minutos

Depois do bolo estar cozido, reirar do forno e aguardar 5 minutos para desenformar. Deixar arrefecer.
Depois de frio cobrir o bolo com ganache de chocolate e decorar com so kit kats em volta. No centro despejar as embalagens de Smarties.

Ganache de chocolate
100g de chocolate em barra
1 pacote de natas

Levar a lume brando, num tacho, o chocolate partido em pedaços e o pacote das natas, mexendo sempre até derreter
Depois de arreferer um pouco, cobrir todo o bolo para depois colocar os Kit Kats




À noite voltou a haver comemoração, desta vez com um bolo bem simples mas que lá em casa não dura mais do que um par de horas. Desta vez não foi exceção!

Bolo de Requeijão



5 ovos
2 requeijões

250g de açúcar
75g de manteiga
100g de farinha
1 colher de chá de fermento
1 colher de chá de canela
raspa de 1 limão

Pré aquecer o forno a 180º
Barrar uma forma com manteiga, polvilhá-la de farinha e reservar
Esmagar muito bem os requeijões com um garfo
Derreter a manteiga e juntá-la com o açúcar. Bater estes dois ingredientes muito bem até ficar homogéneo
Juntar a raspa do limão e envolver
Juntar as gemas e voltar a misturar bem
Juntar a farinha com o fermento e a canela e juntar ao preparado anterior
Juntar as claras batidas em castelo e envolver bem sem bater.
Colocar a massa na forma, levar ao cozer durante aproximadamente 30 minutos. Convem vigiar para que não fique demasiado cozido, pois é muito mais saboroso se ficar ligeiramente húmido.
Para quem gostar de um sabor mais acentuado de canela pode colocar-se mais uma colher, porque aguenta perfeitamente.

 






Para assinalar o acontecimento em si ...No sábado, mais um bolo de aniversário:

Bolo de maçã e coco

6 ovos
4 chávenas de farinha
3 chávenas de açúcar
3 chávenas de maçã cortada em pedaços pequenos
1 chávena de coco
1 chávena de leite
1/2 chávena de óleo

Pré aquecer o forno a 180º
Barrar uma forma com manteiga e polvilhar com farinha
Juntar a farinha com açúcar e o coco
Adicionar o  óleo e o leite envolvendo bem
Juntar os ovos inteiros e voltar a envolver tudo muito bem
Juntar por fim a maçã cortada fininha

Levar ao forno cerca de 45 minutos
Depois de cozido deixar arrefecer ligeiramente, desenformar e polvilhar abundantemente com coco ralado




























quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Rolo de carne com maçã




400g de carne picada
1 cebola pequena
1 dente de alho
Salsa
2 maçãs
50ml de leite
3 colheres de pão ralado
1 ovo
Fatias de fiambre
Sal
Azeite

Picar a cebola e o alho
Ralar as maçã
Num recipiente misturar a carne picada com a cebola o alho e as maçãs raladas
Juntar o ovo o leite o pão ralado e a salsa picada.
Forrar uma forma retangular (tipo bolo inglês) com papel vegetal
Colocar no fundo e bordas da forma fatias de fiambre
Colocar a mistura da carne e calcar bem
Levar ao forno pré aquecido a 200º cerca de 1 hora.

Empada de frango

Após uma grande ausencia, por pura preguiça... Estou de volta!
Para petiscar ao lanche ou simplesmente para um jantar ligeiro: Empada de frango!


1 frango
1 cebola
1 dente de alho
1/2 chouriço
1 folha de louro
1 base de tarte
Azeite
Sal

Cozer o frango e desfiá-lo
Fazer um refogado com a cebola, o alho, a folha de louro, azeite e o chouriço cortado em pedaços pequenos ao qual se junta o frango já desfiado
Caso o refogado fique demasiado seco adiciona-se um pouco do caldo onde o frango foi cozido.
Numa tarteira colocar a base da tarte, picá-la com um garfo e colocar pesos, para que vá ao forno a fazer uma pré cozedura.
Na base de tarte pré cozida, colocar o refogado e tapar com as pontas da massa
pincelar a massa com gema de ovo e levar ao forno até ficar tostada

Servir com uma salada verde e um vinho branco bem fresco!

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Tarte de frutos secos

Esta tarte é divinal! Por Vezes as tartes têm, na minha opinião, demasida massa na base e poucos frutos. Esta não é nada disso. Tem uma base baixinha e saborosa e muito e variados frutos. Quem concorda comigo é a A. e o L. que aprovaram e querem mais. Um dia destes ...
Para a base

2 ovos (separados)
100g de açúcar
70g de manteiga
200g de farinha
2 colheres de sopa de leite

Bater as claras em castelo e reservar
Bater as gemas com o açúcar e a manteiga derretida
Juntar a farinha e o leite
Por fim envolver as claras em castelo
Colocar a massa numa tarteira e espalhá-la de modo uniforme
Levar a cozer em forno médio
(Não deixar cozer demasiado, pois ainda volta ao forno)

Para a cobertura
100g de açúcar amarelo
100g de margarina
3 colheres de sopa de leite
200g de frutos secos (pinhão, noz, avelã, amendoa)

Levar todos os ingredientes ao lume até que o açúcar e a margarina derretam
Retirar e colocar por cima da massa já ligeiramente cozida
Levar novamente ao forno até os frutos estarem ligeiramente tostados.
Retirar
Desenformar depois de frio
...Deliciar-se!


Bom apetite!




semifrio de coco e manga

Mais um jantar de amigos. Para este a sobremesa foi uma novidade - semifrio de coco e manga. Foi aprovadissima!!
Muito Bom. Nada enjoativo e super fresco!

 Semifrio de coco e manga

200g de açúcar
1 colher de sopa de amido de milho
200ml de leite
400ml de leite de coco
50g de coco ralado
10 folhas de gelatina
3 claras
200ml de natas

Para a cobertura
500g de polpa de manga
190g de açúcar
3 colheres de sumo de limão

Misturar o açúcar, o amido de milho e o coco ralado e levar ao lume com o leite e o leite de coco
Demolhar as folhas de gelatina durante 5 minutos, escorre-las e adicioná-las ao preparado dos leites e, assim que começar a borbulhar, desligar o fogão e deixar arrefecer totalmente
Bater as claras em castelo e adicionar ao preparado já frio
Bater as natas em chantilly e envolver no prepardo anterior
Colocar  numa forma de fundo amovível e levar ao frio até solidificar

Cobertura

Levar ao lume nun tachinho, a polpa de manga, o açúcar e sumo de limão durante 30 minutos em lume brando
Retirar e deixar arrefecer completamente.
Colocar por cima do semifrio

Bom apetite!



Esta receita foi retirada de um blog que costumo visitar. Cat Caffe! 

Nota: na cobertura não coloquei açúcar! Para os mais gulosos... talvez fique bem. Experimentem!






segunda-feira, 28 de maio de 2012

Legumes salteados

Legumes salteados acompanham sempre bem carnes ou peixes. Pelo menos penso assim...
Bróculos
Cenoura
Cogumelos
Couve flor
Alho
Azeite
Cominhos
Sal
Pimenta
corgete

Dar uma fervura ligeira nos bróculos e couve flor
Num tacho, levar ao lume alho cortado muito miudinho e deixar alourar numa colher de azeite. Juntar os cogumelos e uma colher de café do cominhos. deixar saltear um pouco
Juntar a cenoura cortada em palitos fininhos e a Corgete em rodelas
Juntar os bróculos e couve flor
temperar com sal e pimenta a gosto
Deixar cozinhar um pouco


Bom apetite!

Bife de perú com...


Depois do raspanete que eu eo L. levamos por não termos, ultimamente publicado nada, parece que ambos pensamos no mesmo ingrediente para o Jantar.
Uma pequena diferença... Ele publicou logo no dia e eu... por falta de tempo, estou a fazê-lo quase uma semana depois.

Bife de perú com salsicha e/ou cugumelos e queijo brie

Não sou muito apreciadora de bife de perú, mas é peciso variar a alimentação e então de vez em quando lá sai!!!
Feitos desta forma são bem aceites por todos. Até porque permite acrescentar ingredientes diferentes consoante os gostos dos vários comensais.
Para o F e para a T que não apreciam cogumelos, sai com salsicha, especialmente para mim que não aprecio salsicha sai com cogumelos e queijo. Bem melhor! Pai e filha também também aprovam.

Bife de perú no forno


1 embalagem de bifes de perú
salsichas
cogumelos
queijo brie
Ervas a gosto (coentros, salsa, hortelã, poejo. depende do que houver na floreira da varanda)
2 dentes de alho
manteiga
sal
azeite
vinho branco

Cortar os alhos muito miudinhos, juntar a mistura de ervas a gosto e o sal. Macerar até formar uma pasta
Barrar os bifes com a pasta e reservar
Escorrer a água dos cogumelos
Cortar o queijo brie em fatias
passar as salsichas por água
Rechear os bife com salsicha e fecar com um palito
Rechear os bifes com os cogumelos e colocar em cima uma fatia de queijo brie. Fechar com um plalito.
Colocar os bifes recheados num recipiente que possa ir ao forno
Regar com um fio de azeite, e colocar em cima de cada bife uma noz de manteiga.
Regar com o vinho brando
Levar ao forno
Quando estiver douradinho está pronto a servir.
Acompanha bem com puré de batata e salada ou então com legumes salteados
Bom apetite!



domingo, 27 de maio de 2012

Bolo de caramelo

Sei que tenho estado muito ausente nas publicações. Já me foi feito sentir!!!!
Obrigada por sentirem a falta.

Não significa que não tenha cozinhado. Significa apenas que nem sempre tenho dispinibilidade para tirar fotografias e sem fotos... Não é a mesma coisa! A falta de tempo também tem contribuido para a ausencia.

O F. fez anos no dia 19 de Maio. Dia de último jogo da temporada do ourto F. Dia atribulado, mas ainda assim houve tempo para fazer o bolo de aniversário. Parabéns F.

Bolo de Caramelo

Para o caramelo
2 chávenas de chá de açúcar
3 colheres de sopa de manteiga
1 lata de leite condensado Light
1/2 chávena de água quente

Derreter o açúcar e deixar alourar um pouco.
Misturar a manteiga e o leite condensado e sem mexer deixar derreter em lume brando até formar uma calda expessa.
Desligar o fogão
Misturar água quente e deixar arrefecer.

Para o bolo
4 ovos
1/2 chávena de óleo
1 chávena de caramelo (preparado anterior)
1 e 1/2 chávena de farinha
1/2 chávena de açúcar
1/2 chávena de amido de milho
1 colher de sopa de fermento

Bater as gemas com o açúcar, o óleo e o caramelo
Adicionar a farinha, o amido de milho e o fermento
Bater as claras em castelos  e adicionar sem bater.

Levar a forno quente (180º) a cozer durante 35 minutos
(atenção ao tempo, para que não fique demasiado seco)
Ainda quente, regar com algum do caramelo que sobrou
Deixar arrefecer

Cobertura
1 pacote de natas
2 colheres de sopa de caramelo

Bater as natas em chantily
Quando o bolo estiver frio colocar as natas e espalhar as duas colheres de sopa de caramelo
Com um pincer misturar as natas com o caramelo, para obter o efeito da foto.

Bom apetite!








domingo, 6 de maio de 2012

Bolo de coco e limão


Domingo, 6 de maio. Dia da mãe.
Poderia ser um domingo igual a tantos outros, mas ser o dia da mãe torna-o especial. Sou feliz por ter os meus filhos, os melhores do mundo! Houve lugar a mimos e prendinha. Hoje senti saudades das prendinhas trazidas do infantário e ingenuamente guardadas debaixo da cama desde sexta feira até domingo.... O tempo passa tão rápido! E eles estão tão crescidos. Mas continuam lindos. E eu adoro-os do fundo do coração.
Para comemorar um bolinho de coco e limão para o lanche.

Bolo de coco e limão


250g de açúcar
250g de farinha
100g de coco ralado
100g de margarina
4 ovos
1 limão
1 iogurte natural
1 colher de chá de fermento 

Aquecer o forno a 180º
Barrar muito bem uma forma redonda com manteiga e polvilhá-la com açúcar.

Bater os ovos com o açúcar e juntar a raspa e o sumo do limão
Derreter a manteiga e junta-la ao preparado anterior seguida do coco ralado e do iogurte. Envolver tudo muito bem
Juntar finalmente a farinha com o fermento e misturar bem sem bater
Colocar a massa na forma e levá-la ao forno durante 40 minutos.


Ficou mesmo muito bom. Fofo e um pouco húmido. 
Simples e rápido de fazer. 
Feliz dia da mãe!






sábado, 7 de abril de 2012

Pana cota com frutos vermelhos

A. Para que não tenhas desculpa para não fazeres o doce que pretendias, aqui fica a receita.


1 lata de leite condensado light
1 pacote de natas light
350 ml de leite magro
1 colher de chá de essência de baunilha
5 folhas de gelatina incolor

Misturar o leite com o leite condensado, as natas e a essência de baunilha e levar ao lume até ferver
Entretanto hidratar e gelatina num pouco de água fria
Escorrer bem a gelatina e juntá-la ao preparado que entretanto está ao lume e mexer muito bem até perceber que está bem dissolvida.
Assim que levantar fervura, retirar do lume e deitar numa forma (tipo bolo inglês) ou em taças individuais.
Levar ao frio pelo menos 12 horas e retirar apenas na hora de servir.

Molho de frutos vermelhos
1 embalagem de frutos vermelhos congelados
3 colheres de açúcar

Colocar os frutos vermelhos com o açúcar num recipiente ao lume, até que os frutos estejam descongelados e o açúcar dissolvido.
A quantidade de açúcar depende do gosto de cada um. Como gosto de sentir o contraste do doce com o ácido dos frutos vermelhos uso apenas 3 colheres de açúcar. para quem gostar de mais doce poderá acrescentar mais açúcar.
Os frutos vermelhos podem ser substituídos por outros quaisquer a gosto.

Na hora de servir, desenformar para um recipiente de ir à mesa e regar com os frutos.



Nota: se se usar uma forma em vez de taças individuais poderá, colocar-se no fundo, película de cozinha para facilitar o desenformar.



Scones

Há já algum tempo que queria experimentar. Por preguiça ainda não tinha acontecido. Ontem ao contrário de todas as minhas expectativas para estas mini-férias choveu! Não apetecia sair de casa, apetecia preguiçar o dia todo. À hora do lanche, apetecia qualquer coisa e então saíram os scones. A receita é do meu amigo Luís e ficaram óptimos. Fofos por dentro, estaladiços por fora. A fumegar quando se abriam... Hummmmmmmm que bom! A manteiga derretia ao primeiro contacto! e com doce? De abóbora, de frutos vermelhos, geleia..... Provei todos! Qual o melhor? Não sei. Nada como experimentar.




Scones
500g de farinha
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de fermento
5 colheres de sopa de açúcar
40g de vaqueiro,
1 chávena de leite
1 ovo

Aquecer o forno a 200º
Misturar a farinha com o açúcar, o fermento e o sal
Derreter a manteiga e juntar à mistura anterior, bem como o ovo batido e o leite.
Misturar tudo bem, sem bater. É mais fácil misturar com as mãos.
Polvilhar um tabuleiro com farinha
Fazer os bolas com a massa e levar ao forno por cerca de 20 minutos
Retirar quando estiverem ligeiramente dourados
Comer de imediato.



segunda-feira, 26 de março de 2012

Sangria branca

O calor está aí. Está? Mas este ano ele nunca foi embora! À exceção de pouquissimos dias!!
Para quando apetece uma bebida fresca, sangria é sempre uma boa solução.
Adoro sangria branca e ou de frutos vermelhos. Hoje saiu branca...


1l de vinho branco de boa qualidade
1l de 7UP light
2 ou 3 colheres de sopa de açúcar amarelo
1 maçã
1 laranja
1 limão
Gelo
1 raminho de hrtelã
1 pau de canela

Num recipiente colocar a fruta  (com casca) cortada em pedaços.
Juntar o vinho e a 7UP.
Adoçar com o açúcar .
Juntar o pau de canela e o raminho de hortelã
Deixar repousar durante 5 ou 10 minutos.
Provar e retificar o sabor (juntar mais açúcar se considerar necessário) pois o doce depende do gosto de cada um .
Na altura de servir colocar num jarro de vidro e juntar muito gelo.

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

A avó M. fez anos. E como ela gosta deste bolinho, resolvemos oferecer. Ficou ótimo! e desapareceu num instante. Parabéns avó M.

Bolo de cenoura
3 ovos
3 cenouras
3 chávenas de açúcar
3 chávenas de farinha
1 chávena de óleo (usei 1/2)
1 colher de chá de fermento

Ligar o forno a 180º
Barrar um tabuleiro com manteiga e farinha e reservar
Num liquidificador juntar as cenouras, o óleo e os ovos e triturar até ficar uma mistura homogenéa.
Misturar bem a farinha com o açúcar e o fermento
Juntar a mistura líquida das cenoura com o ovo e o óleo aos elementos sólidos e misturar muito bem.
Levar ao forno durante cerca de 40 minutos
Experimentar a cozedura com um palito.
Quando estiver cozido, deixar repousar por 5 minutos e desenformar.
Barrar o bolo com a cobertura de chocolate e decorar a gosto

Cobertura de chocolate
1 tablete de chocolate de culinária. Juntar  o pacote das natas, levar ao lume novamente até que esteja esteja bem envolvido.







segunda-feira, 19 de março de 2012

Sopa de morangos com sorbet de limão

Para o dia do pai uma sobremesa que há muito não fazia.


250g de morangos maduros
100ml de água
1 cálice de vinho do Porto
2 colheres de sopa de açúcar
Hortelã

Lavar e limpar bem os morangos
Levar ao lume a água, o açúcar e o vinho do Porto e deixar ferver
Baixar o fogão, juntar os morangos cortados e deixar cozinhar durante mais ou menos 10 minutos
Retirar do fogão e triturar os morangos
Passar a mistura por um passador de rede fina para retirar as grainhas
Colocar num recipiente e levar ao frigorifico até que fique bem frio
Na hora de servir colocar no centro uma bola de sorbet de limão e enfeitar com um raminho de hortelã

Bom apetite

domingo, 18 de março de 2012

Pimentos assados

A pedido de algumas pessoas aqui ficam as entradas de um jantar cá em casa...

Os sacos de pimentos assados pelo avô J. e congelados pelo mesmo dão sempre jeito, seja para servir como acompanhamento ou como simples entrada.


Os pimentos já estavam previamente cortados em tiras. Foi só temperar com alho, sal, azeite e vinagre.
As coisas mais simples são sempre as melhores...
E por falar em coisas simples! Simples e bom ...
Bolacha de água e sal, ou tosta com queijo Palhais e marmelada feita pela avó M. Ummmmmmmmm lá se foi a dieta!








Pate de delicias do mar

5 barras de delícias do mar
Maionese
sal e pimenta q.b
molho inglês

 Desfazer as delícias, muito ou pouco, depende do gosto!
Misturar a maionese e envolver be.
Temperar com sal e pimento e umas 2 ou 3 gotas de molho inglês

Requeijão com mel e nozes

Embora com um sabor adocicado, fica muito bem como entrada.

1 requeijão
Nozes
1 colher de chá de mel
sal e pimenta q.b.

Esmagar o requeijão com um garfo e temperar com sal e pimenta
Misturar as nozes picadas e o mel. Envolver bem

Requeijão com alho e ervas



1 requeijão
1 dente de alho
Coentros (ou outras ervas a gosto)
Sal e pimenta q.b.
1 colher de azeite

Esmagar muito bem o requeijão com um garfo.
Cortar os coentros (depois de retirar os talos)
Picar o alho muito fino
Misturar o requeijão com as ervas e o alho. Adicionar o azeite e temperar com o sal e pimenta a gosto



sexta-feira, 16 de março de 2012

Bolo de chocolate no microondas

Hoje foi um dia mau. Muito mau mesmo!
O sentimento de injustiça e revolta é enorme. Mas enfim, o nosso país continua a estar povoado por bestas e energumes que sem terem nada de positivo de que se orgulhar nas suas vidas exercem sobre os outros num gesto de arrogância e cobardia o seu "pseudo" poder, que de facto têm durante um período de tempo...
Para o F. todo o carinho que sei que hoje, mais do que nunca, precisas. E.. um bolinho de chocolate para adoçar este dia tão amargo.
Amanhã é outro dia e os cretinos deste país vão ficar reduzidos à sua insignificância. Porque realmente só têm importância se nós lhe a concedermos e eu não estou disposta a isso.

Bolo de chocolate no microondas

4 ovos
1 chávena de açúcar
1 chávena de farinha
1 chávena de leite morno
1/2 chávena de óleo
2 chávenas de chocolate em pó
1 colher de chá de fermento
Morangos

Bater os ovos com o açúcar e juntar todos os outros ingredientes batendo bem entre cada adição.
Untar com manteiga um recipiente que possa ir ao microondas e polvilhar com um pouco de farinha.
Levar ao microondas durante 7 minutos.
Deixar repousar 5 minutos e desenformar.
Decorar com morangos.


Era bom que tudo na vida fosse tão fácil e Bom como este bolo de chocolate!



 Com a esperança de que amanhã seja um dia melhor! 


segunda-feira, 12 de março de 2012

Gelado de natas com chocolate quente

As temperaturas fazem já lembrar o verão que se avizinha. Se calhar estou a exagerar um pouco! Mas lá que estas temperaturas não são normais em Março, isso não são.!
Calor lembra gelados. E há um super fácil de fazer (sim porque eu faço, preferencialmente, coisas rápidas e fáceis) e que adoramos:

Gelado de natas com chocolate quente


1 pacote de natas
3 claras
4 colheres de sopa de açúcar

Bater as natas e adicionar o açúcar batendo novamente
Bater as claras em castelo
Juntar as claras ás natas envolvendo sem bater.
Levar ao congelador pelo menos 12 horas.

Na altura de servir, derreter 200g de chocolate e juntar-lhe um pouco de leite (a quantidade depende da concistencia pretendida) e mexer muito bem. 
Regar o gelado com esta mistura ainda quente, no próprio prato.
Divino!!!!!



 

domingo, 11 de março de 2012

Quiche de atum

Uma refeição rápida e fácil de fazer é tudo o que me apetece. Adoro Quiches. De tudo e mais alguma coisa. São sempre uma boa opção!

Quiche de atum



1 base de massa quebrada
2 latas de atum ao natural
1 lata pequena de cogumelos
broculos
azeitonas
200ml de leite magro
4 ovos
Queijo mozarella light
Cebola
Alho
Azeite
sal e pimenta q.b.

Levar a base da tarde ao forno até dourar um pouco (colocar uns pesos no fundo, para não ampolar)
Refogar um pouco de cebola e um dente de alho com uma colher de sopa de Azeite.
Adicionar os cogumelos e saltear um pouco.
Juntar o atum previamente escorrido, as azeitonas, e os bróculos, depois de ligeiramente fervidos.
Bater os ovos com um pouco de sal e pimenta e juntar o leite.
Espalhar os ingredientes sólidos  uniformemente sobre a base da tarte e cobrir com a mistura dos ovos e leite.
Polvilhar com queijo mozarella e enfeitar com azeitonas.
Levar ao forno até o queijo estar derretido e dourado.

Bom apetite!


Espetada de fruta

Pôr as crianças a comer fruta, nem sempre é fácil. Especialmente se queremos que comam frutas diferenciadas. Não me posso queixar muito, pois a T. e o F. sempre gostaram de fruta. mas a  T. não gosta de abacaxi. Recusa comer! Mas bastou apresentá-lo de maneira diferente e foi um ar enquanto desapareceu.

Espetadas de Fruta


Cortar diversos tipos de fruta, aqui usei morangos, manga e abacaxi.
Colocá-los em pausinhos de espetadas e depois é só servir.
Outra forma muito boa de saborear abacaxi é servi-lo com raspa de laranja e limão e polvilhá-lo com canela. Ummmmm Delicioso.